Um blogue sobre comunicação inteligente

31
Out 11

Neste dia mundial da poupança foram vários os artigos, entrevistas, alvitres e juízos sobre o modo como podemos aforrar e economizar os nossos parcos recursos financeiros. Nesse discurso reconhece-se uma pedagogia dum certo retorno ao essencial, repetida sob diversas formas e perspectivas, numa abordagem em que, face às circunstâncias depressivas da economia portuguesa, faltou ressalvar o essencial: o consumo em si não é coisa ruim, o que falta essencialmente é a promoção de racionalidade e critério. Recomendar aos portugueses comerem em casa em vez de irem ao restaurante, incentivar-se mecanismos de troca de bens reutilizáveis são boas soluções de recurso, mas a estratégia levada ao extremo significa uma fatal paralisia da economia. Se é fundamental que os portugueses sejam mais previdentes na gestão da economia doméstica ou empresarial, também é importante a procura e descoberta de novas e criteriosas soluções num mercado que irá mais cedo ou mais tarde adaptar-se à dura realidade: pressente-se já não só alguma redução de “margens”, mas tentativas criativas de marketing tendo em vista novas prioridades e perfis de consumo. O cliente já não procura apenas a relação qualidade / preço, mas vê-se obrigado a ponderar a relação necessidade/potencialidade de cada produto / serviço. No entanto persistem por aí marcas, serviços e produtos sustentando inflacionadíssimas estruturas físicas e humanas além de tão dispendiosos como descalibrados orçamentos de comunicação. 
Perante a grave crise que atravessamos, a palavra de ordem neste Dia Mundial da Poupança deveria ter sido: despenda com inteligência, consuma nacional, na qualidade adequada pelo valor que esta realmente merece. Esse sim seria um decisivo incentivo ao profissionalismo de mérito, a empresas e mercadorias com valor acrescentado produzidos com inteligência e recursos racionalizados. Gastar bem é a melhor forma de poupar, e carpir é decididamente a mais estúpida forma de desbaratar energias.

publicado por João Távora às 23:04
tags:

19
Out 11

Devido ao número insuficiente de inscrições, o Seminário "Comunicação Online para Instituições de Ensino - Como obter bons resultados e notoriedade através das Redes", originalmente agendado para o próximo dia 27 de Outubro, teve que ser adiado. Em breve anunciaremos uma nova data e voltaremos a contactar todos os interessados.


Agradecemos a todos os que se inscreveram e até breve!

publicado por Francisco Mota Ferreira às 12:31

10
Out 11

Instalada uma difícil conjuntura económica, as instituições ensino em breve serão obrigadas a encontrar novas soluções de comunicação e marketing para interagir eficazmente com os seus públicos-alvo. Neste contexto a Sinapse Media promove no próximo dia 27 de Outubro em Lisboa, um seminário de Comunicação Online destinado a escolas, visando essencialmente dotar os responsáveis pedagógicos de um maior domínio das ferramentas web (Site institucional, Facebook, Twitter, Youtube, Linkedin) para uma eficaz comunicação externa e mesmo interna das suas instituições de ensino.  O programa e mais informações sobre a iniciativa pode ser solictado através do telefone e formulário criado para o efeito aqui.

publicado por João Távora às 09:27

04
Out 11

Depois de meses de informação e contra-informação, a Apple levanta hoje finalmente o véu sobre o novo produto da marca. Os mentideros afiançam que estaremos perante um novo modelo de iPhone, o quinto da sua geração, que deverá incluir um telefone de quarta geração, com design diferente e com mais memória de trabalho, processador duplo e ecrã de alta resolução de oito mega pixels.

Mais do que a apresentação de um novo modelo, a conferência de imprensa em Cupertino, Califórnia, marca a estreia de Tim Cook como presidente executivo da empresa. E será isso, seguramente, que irá definir os mercados da área nos próximos tempos.

A transição de Steve Jobs para Tim Cook foi pacífica neste campo e a Apple segurou-seem bolsa. Nada fará por isso antever que algo de diferente se poderá passar. A Apple criou um leque de fiéis e de fãs e, paulatinamente, vai dominando o mercado. Acredito, por isso, que continuará em boas mãos com Tim Cook.

publicado por Francisco Mota Ferreira às 11:11
tags: ,

Actualizações por e-mail

O seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Editorial
Gostamos da palavra propaganda, termo velhinho que, simplificando, antigamente definia sem complexos o conjunto de técnicas para publicitar uma ideia. Com o tempo, o termo muito utilizado pelos políticos numa conturbada fase do Século XX resistiu mal ao desgaste pelo sentido que assim se lhe deturpou: como se, realçar as virtudes próprias ou dum objecto, não fosse ambição e atitude legítimas, praticada por qualquer ser humano psicologicamente equilibrado e socialmente integrado. Ler mais
Subscrever RSS
Subscrever feed RSS.
pesquisar
 
Contactos

Aqui

links
Twingly Blog Search http://propaganda.blogs.sapo.pt/ Search results for “http://propaganda.blogs.sapo.pt/”
blogs SAPO