Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Boas Festas 2014

Segunda-feira, 22.12.14

SM_Boas_festas_2014.jpg

"O bem tende sempre a comunicar-se. Toda a experiência autêntica de verdade e de beleza procura, por si mesma, a sua expansão. (...) E, uma vez comunicado, o bem radica-se e desenvolve-se. " 

Papa Francisco

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por João Távora às 10:51

A taxa Google - deixem o mercado funcionar!

Quarta-feira, 17.12.14

Google news.jpg

Este braço de ferro que alastra por diversos países da Europa entre os governos e os grupos de média contra o gigante Google a quem se exige pagamentos pela indexação de notícias parece algo caricato. Veja-se o que aconteceu aqui ao lado nas terras de nuestros hermanos: o governo de Rajoy, pressionado pela Associação de Editores de Jornais Espanhóis criou um pagamento conhecido por ‘taxa Google’ em que por cada conteúdo partilhado no Google News, mesmo que seja só o título da notícia, o gigante da informática teria que pagar à fonte. Como consequência, o fim do serviço foi anunciado pela Google espanhola, o que prenuncia incalculáveis prejuízos para os jornais do país vizinho, já que este do agregador de notícias constitui de longe o mais eficiente gerador de tráfego, que é aquilo que os meios necessitam para viver. 

Repare-se nas movimentações dos burocratas de Bruxelas como Carlos Zorrinho (pessoa tão experimentada na vida empresarial e na criação de riqueza) a reclamar o retalhe do gigante americano em várias empresas ou na promoção de um motor de busca europeu que os consumidores não pediram.
A questão não estará antes em perceber o porquê da Europa se ter deixado ultrapassar em tantos sectores da economia e agir na raiz do problema? Porquê esta sede de intervencionismo no lugar da regulação? Porque não deixar o mercado funcionar, a receita responsável afinal pelo nascimento e crescimento do gigante mundial Google? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por João Távora às 18:35

O Ano do Design Português | novo website

Sábado, 13.12.14

O Ministério da Economia e a Secretaria de Estado da Cultura lançaram conjuntamente o desafio de celebrar o Ano Português do Design entre 29 de Maio de 2014 e 30 de Setembro de 2015. Nesse sentido foi lançado ontem um website há muito esperado por aqueles que já tinham ouvido falar na iniciativa(por agora em português). Tardou mas cá está. O objectivo primordial é o de destacar "o design nacional como uma área-chave para o desenvolvimento de Portugal enquanto país inovador e contemporâneo. Pretende-se com esta parceria valorizar a qualidade do design português ao nível nacional e promover a sua difusão no espaço internacional (…)” . Que bom! O próprio site e programação já nos permitem avaliar de que forma é pensado estrategicamente o design em Portugal, como é categorizado e como está prevista a sua valorização e difusão no espaço nacional e internacional. Destacamos o facto de este site pretender ser uma plataforma participativa com o objectivo de mapear o "design português, dentro e fora do território nacional.” Uma necessidade já identificada há bastantes anos por algumas pessoas que nos seus projectos universitários a tentaram colmatar. Lembramos o Dizer Design (2011), um projecto sem fins lucrativos, criado com este e outros objectivos que ainda podem ser revistados na sua página de Facebook. Seja como for é aqui que "todos os designers, todas as empresas, todas as instituições e demais protagonistas do campo do design” são convidados "a enviar os seus dados para a criação de um vasto directório de design pensado e/ou produzido em português.”. Se o objectivo é a difusão internacional talvez fosse bom que não difundissem só em português. De qualquer forma é de louvar a iniciativa e ela só dará frutos se sair da esfera dos “do costume". Vamos participar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Madalena Pestana às 21:40

Novo sítio Apostolado da Oração

Sexta-feira, 12.12.14

logoAO.jpg

Se gostarmos do que fazemos é importante para a nossa qualidade de vida, trabalhar para quem gostamos dá-lhe um superior sentido. Foi o que aconteceu neste projecto que envolveu a Sinapse Media (com destaque para o trabalho da nossa consultora de design Madalena Pestana) no estimulante projecto de renovação da imagem e do sítio do Apostolado da Oração, uma sofisticada plataforma de comunicação que se convida a uma atenta visita, aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por João Távora às 10:22





Editorial

Gostamos da palavra propaganda, termo velhinho que, simplificando, antigamente definia sem complexos o conjunto de técnicas para publicitar uma ideia. Com o tempo, o termo muito utilizado pelos políticos numa conturbada fase do Século XX resistiu mal ao desgaste pelo sentido que assim se lhe deturpou: como se, realçar as virtudes próprias ou dum objecto, não fosse ambição e atitude legítimas, praticada por qualquer ser humano psicologicamente equilibrado e socialmente integrado. Ler mais

Contactos

Aqui



pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Subscrever RSS

Subscrever feed RSS.