Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O fim de uma era?

Quinta-feira, 25.08.11

Steve Jobs anunciou a sua saída de CEO da Apple, provocando uma verdadeira avalanche de comentários em tudo o que é redes sociais. Embora esperado, o anúncio da sua demissão por motivos de saúde – e a sua substituição pelo número dois da empresa Tim Cook – levou a que os mercados reagissem no imediato, tendo as acções da Apple caído mais de 5%.

Cook, como legítimo herdeiro, não terá um trabalho fácil, como nunca têm os sucessores. A Apple era Jobs e Jobs era a Apple e as grandes inovações do mercado que tornaram a marca um ícone fashion deveram-se ao arrojo empreendedor do seu fundador.

Na carta que escreveu ao Conselho de Administração Jobs faz questão de realçar que “os dias mais brilhantes e inovadores da Apple ainda estão para vir”. Oxalá tenha razão.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Francisco Mota Ferreira às 10:21





Editorial

Gostamos da palavra propaganda, termo velhinho que, simplificando, antigamente definia sem complexos o conjunto de técnicas para publicitar uma ideia. Com o tempo, o termo muito utilizado pelos políticos numa conturbada fase do Século XX resistiu mal ao desgaste pelo sentido que assim se lhe deturpou: como se, realçar as virtudes próprias ou dum objecto, não fosse ambição e atitude legítimas, praticada por qualquer ser humano psicologicamente equilibrado e socialmente integrado. Ler mais

Contactos

Aqui



pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Subscrever RSS

Subscrever feed RSS.