Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Empresas portuguesas não aproveitam o potencial da Internet

Sábado, 03.12.11

 

Henrique de Castro considera que as grandes empresas portuguesas – financeiras, transportes, telecomunicações e serviços – não estão a usar as ferramentas que a internet proporciona ao nível ao nível dos outos países. “ainda consideram o marketing como custo e apostam muito no off-line. Alguns gestores não perceberam que o marketing está a evoluir para ser um custo variável através da internet e dos motores de pesquiza (search). Agora a estratégia não é atingir as massas, mas sim cada uma das pessoas. Isto é uma mudança estrutural no sector publicitário”, diz o executivo português.

 

Henrique de Castro presidente da Google para Media, mobilidade e plataformas em entrevista a João Ramos do Expresso

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por João Távora às 16:34





Editorial

Gostamos da palavra propaganda, termo velhinho que, simplificando, antigamente definia sem complexos o conjunto de técnicas para publicitar uma ideia. Com o tempo, o termo muito utilizado pelos políticos numa conturbada fase do Século XX resistiu mal ao desgaste pelo sentido que assim se lhe deturpou: como se, realçar as virtudes próprias ou dum objecto, não fosse ambição e atitude legítimas, praticada por qualquer ser humano psicologicamente equilibrado e socialmente integrado. Ler mais

Contactos

Aqui


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Subscrever RSS

Subscrever feed RSS.