Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Natal outra vez

Sexta-feira, 23.12.16

Natal_2016.jpg

O Criador jamais descurou a comunicação do grandioso Advento. Naqueles tempos, para guiar o povo disperso e os reis do oriente para o mais improvável local de Encontro, o requinte em comunicação foi literalmente divinal: um cometa rebrilhante no céu indicou o caminho para o Presépio que mudou o rumo de toda a nossa História.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por João Távora às 18:14

Natal outra vez

Segunda-feira, 23.12.13

O Criador jamais descurou a comunicação do grandioso Advento. Naqueles tempos, para guiar o povo disperso e os reis do oriente para o mais improvável local de Encontro, o requinte em comunicação foi literalmente divinal: um cometa rebrilhante no céu indicou o caminho para o Presépio que mudou o rumo de toda a nossa História.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por João Távora às 16:36

O maior anúncio

Sexta-feira, 21.12.12

O Natal do Salvador que se concretizou há pouco mais de 2000 anos em Belém foi anunciado sob várias formas e pela boca de diferentes profetas durante os séculos que o antecederam. O Criador jamais descurou a comunicação do grandioso Advento. Naqueles tempos, para guiar o povo disperso e os reis do oriente para o mais improvável local de Encontro, o requinte em comunicação foi literalmente divinal: um cometa rebrilhante no céu indicou o caminho para o Presépio que mudou o rumo de toda a História. Na Sinapse Media estamos longe de pretender tais efeitos… mas garantimos uma criteriosa rede de talentos na matéria.

 

Feliz Natal, são os votos dede toda a equipa.

 

(Texto reeditado)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por João Távora às 09:58

Os nossos votos de um Santo Natal

Terça-feira, 21.12.10

 

Estamos prontos para parar as máquinas e celebrarmos o mistério da Vida que nos é oferecida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por João Távora às 18:36
editado por Leonardo de Melo Gonçalves a 22/12/10 às 00:25

editado por Leonardo de Melo Gonçalves a 22/12/10 às 00:25





Editorial

Gostamos da palavra propaganda, termo velhinho que, simplificando, antigamente definia sem complexos o conjunto de técnicas para publicitar uma ideia. Com o tempo, o termo muito utilizado pelos políticos numa conturbada fase do Século XX resistiu mal ao desgaste pelo sentido que assim se lhe deturpou: como se, realçar as virtudes próprias ou dum objecto, não fosse ambição e atitude legítimas, praticada por qualquer ser humano psicologicamente equilibrado e socialmente integrado. Ler mais

Contactos

Aqui



pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Subscrever RSS

Subscrever feed RSS.